re.verb

cultura, crítica e tudo o mais

Sob o domínio do mal

em novembro 16, 2010

Enquanto olhava o mar cinza durante o feriado, lembrei do último filme da 34a Mostra Internacional de Cinema ao qual assisti.

Quando alguém presencia um afogamento e tenta resgatar a outra pessoa da água, a regra de ouro é: não mergulhar sem algum objeto no qual a vítima possa se apoiar – pode ser prancha, bóia, etc. – já que um dos maiores riscos é o de, no afã do momento, a vítima se agarrar ao “salvador” com tanto desespero que este acabe se afogando junto.

É essa a tensão que presenciamos ao longo de “Domínio” (“Domain”), de Patric Chiha. Ali, quem se afoga é Nadia, uma mulher madura e atraente que, apesar de aparentar ser moderna e independente é, no fundo, profundamente sozinha e infeliz.

Ela, formada em matemática – já que, como diz, tal matéria parece conseguir organizar todo o caos que é o mundo – há tempos não consegue lidar com os números, tampouco com qualquer outro aspecto de sua vida. Seu porto seguro passa então a ser seu lindo sobrinho Pierre. É com ele que passeia diariamente por parques parisienes, é em sua companhia que sai à noite e é ele – no alto de seus 17 anos – que a põe na cama quando, de tão embriagada, mal consegue se equilibrar.

Contudo, como um salva-vidas sem bóia, o garoto passa a afundar também. Sente-se responsável pela tia, por quem nutre um amor profundo, mas não consegue organizar o caos em que ela se embrenha cada vez mais. Ingênuo como ainda é, e sob o domínio daquela, não cogita simplesmente se afastar e deixar que ela decida cuidar sozinha de seus problemas, muito menos percebe que Nadia é uma espécie de parasita, que parece querer sugar sua beleza e juventude na tentativa de resgatar o que ela há muito perdeu.

E, assim, ao longo de mais de duas horas, assistimos a essa tensão entre amor e covardia; entre cuidar do outro e preservar a si mesmo; entre saber a hora de deixar o outro submergir e a de nadar de volta para a praia sozinho.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: