re.verb

cultura, crítica e tudo o mais

First Impressions of Earth

em novembro 21, 2010

Pontualmente às 16h do último sábado, o Planeta Terra começou. A primeira atração do Sonora Main Stage era Mombojó e, sentindo o asfalto ainda quente sob nossos pés, eu e Ximena estávamos lá.

À nossa frente, uma equipe da redação do Terra. Nas mãos de alguns jornalistas notavam-se bloquinhos e caneta. Ao mesmo tempo que balançavam ao som dos pernambucanos, observavam tudo ao seu redor e, de repente, anotavam frases esparsas. Tentei imaginar sobre o que escreviam… se o que percebiam sobre aquele momento era o mesmo que eu. Então pensei: se tivesse um caderninho em mãos ao longo de todo aquele dia, o que escreveria sobre cada um dos shows?

As respostas estarão aqui no re.verb ao longo desta semana…

Para começar, com o perdão pela falta de inspiração para elaborar uma expressão própria (culpem a ressaca), valho-me do título do último álbum do Strokes – a quem, afinal, o indie deve agradecer – e aqui vão as First Impressions of Earth:

Mombojó – 16h, Sonora Main Stage

Os pernambucanos endiabrados do Mombojó pareceram não notar que o público ainda era pequeno e que muitos ali sequer sabiam quem eram aqueles sujeitos que tocavam um som tão rico: um rock sofisticado na medida certa (tudo nas músicas parece ter uma razão para estar lá, nada sobra, nem falta); faixas mais pesadas e baladas com letras sensíveis, mas jamais melosas; influências que vão do rap ao mangue; e um vocalista pequenino, mas dono de uma voz emocionante, que lembra um sussurro falado em voz alta.

Trocando em miúdos, apesar da platéia, a banda fez um belo show. Tocou faixas de todos os seus trabalhos – inclusive as ótimas “Casa Caiada” e “Papapa” do álbum Amigo do Tempo, lançado em junho – e, sem penduricalhos nem pirotecnias, ao longo de pouco menos de uma hora, foi contaminando tudo e todos com a alegria que emanava do palco.

Anúncios

Uma resposta para “First Impressions of Earth

  1. […] (já comentamos aqui) e República abriram o festival, às 16h. Logo depois, foi a vez de Novos Paulistas e Hurtmold. […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: