re.verb

cultura, crítica e tudo o mais

Smack!

em dezembro 7, 2010

Muito divertida a matéria publicada na Veja desta semana sobre o suposto efeito avassalador dos batons vermelhos sobre a atenção masculina (“O poder da boca vermelha”, por Daniela Macedo, Revista Veja, 8 de dezembro, p. 114).

Ali, faz-se referência a um estudo da Universidade de Manchester que concluiu que, enquanto um homem olha para o rosto de uma mulher, passa, em média, 73% do tempo com o olhar fixo nos lábios daquelas que estão de batons vermelhos.  Quando se trata de tons rosa, a taxa é 67% e, quando as bocas estão menos coloridas, tons nude ou cor de boca, o valor despenca para 2,2%.

Como adepta ferrenha desses tons perigosos, resolvi entrar no jogo e compartilhar os meus batons vermelhos (ou quase vermelhos) preferidos.

1)   So Chaud, MAC – um quase laranja meio mutante, varia do tomate para o coral dependendo da luz. Exige uma certa coragem, mas é lindo.

2)   Russian Red, MAC – o famigerado batom de Dita Von Teese. É mate, mas tem uma textura ótima que fixa muito bem e não deixa a boca seca. O vermelho definitivo.

3)   Red Lizard, NARS – meu favorito. Um vermelho bem fechado, super opaco e seco. Ultra pigmentado, dura horas. O melhor jeito de passar é fazer o contorno com um lápis (uso o Brick, da MAC) e colocar bem pouquinho de lipbalm por cima, para não ficar ressecado. Quando morrer, quero ser enterrada com ele.

4)   Gabrielle, Rouge Coco CHANEL – delicioso de se usar, é bem cremoso (mas nada brilhante) e não tem a mesma fixação dos dois anteriores – o que não deixa de ser bom, porque aqueles não saem por nada. É um vermelho um pouco mais aberto e divino.

5)   Cherry Lush, Tom Ford – ganhei no domingo e ainda não usei, mas estou perdidamente apaixonada. Só de testar na mão fiquei arrepiada com a textura: o batom mais macio que já testei. É também ultra pigmentado. Amor à primeira vista.

6)   Rouge Parfait RD 516, Shiseido– ainda que na foto não pareça, é muito mais um rosa bem escuro e fechado do que um vermelho. É mais cremoso e pigmentado do que o Chanel aqui embaixo. Fica maravilhoso em peles mais branquinhas.

7)   Porto Rotondo, Aqualumière CHANEL – é bem cremoso, tem um tico de brilho e muda bastante conforme a quantidade de camadas passadas; pode ser quase um  Chapstick de cereja, ou um pink-querendo ser vermelho. Ótimo para quem está começando no mundo dos vermelhos.

 

Às meninas não acostumadas a esses tons, peço encarecidamente para que revejam seus conceitos, respirem fundo e experimentem. É, no mínimo, um bom divertimento.

Aos meninos (se é que algum deles leu o post até aqui…), apreciem à vontade… Só não deixem de prestar atenção no resto…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: