re.verb

cultura, crítica e tudo o mais

Um dia

em fevereiro 16, 2011

Um dia ainda vou ter coragem. De falar o que penso, de pensar o que sinto, de enxergar o que insisto em não ver.

Neste dia – que não será só mais um dentre outros quaisquer – não farei de tudo um pouco, mas só o pouco que realmente tinha de fazer.

Serei chamada de louca, inconseqüente, mas, finalmente, a conseqüência dos meus atos fará sentido – quando, de fato, sentirei.

E, sentindo plenamente, viverei, enfim.

Para que meu epitáfio – escrito no passado, e não ao fim de um futuro em potencial – seja: “um dia, tive coragem sim”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: