re.verb

cultura, crítica e tudo o mais

O Homem e o Mar

em março 2, 2011

 

Por que gosto tanto de surfar?

É que, no surf, sou apenas eu; humildemente entregue ao mar. Insignificante diante da natureza e do mundo – e ao mesmo tempo parte de ambos.

Poucas vezes vi melhor tradução para essa sensação do que as fotos de Hengki Koentjoro. Estão ali algumas das mais expressivas e emocionantes que já vi. É algo sublime, mágico, inexplicável.

É o homem na imensidão do mundo. É o que de mais próximo do surf posso ter neste momento, diante deste computador.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: